Os parceiros da Área 4 da Bacia do Rovuma, Cabo Delgado, reafirmaram a sua projeção para o início da produção de gás natural em 2022, apesar dos efeitos negativos da Covid 19.

O grupo anunciou ontem a montagem na Coréia do Sul dos primeiros módulos de superestrutura da plataforma Coral-South FLNG.

Trata-se do módulo de geração de energia, o primeiro das infra-estruturas superiores e um dos 12 módulos de processamento, com cerca de 70.000 toneladas, que ficará no topo do casco lançado em Janeiro.

Coral-Sul FLNG, a primeira planta flutuante de liquefação de gás natural em alto mar do mundo, produzirá cerca de 3,4 milhões de toneladas de gás liquefeito por ano e extrairá gás natural de uma profundidade de cerca de 2.000 metros na Área 4 da Bacia do Rovuma .

Fonte: Rádio Moçambique